R$45,00

12x de R$4,49 Ver mais detalhes

O DISCO É UM LIVRO.
UM LIVRO SOBRE O FILME.
DE UM FILME SOBRE O LIVRO.

 

Conterrâneos Estrangeiros é um projeto multi-disciplinar de Rafael Rocha que se resulta em um disco, um livro e uma série de clipes/filmes narrativos. Seu enredo se originou de uma temporada em que RROCHA deu um mergulho em si em meio às crises de ansiedade e síndromes do pânico, um mal tão típico do nosso século e que diversas pessoas sofrem caladas. Através desse ponto de vista, o artistas resolveu transformar seus anseios em medos em diversas formas de arte.


Um mergulho dentro do universo construído por RROCHA.


Em sua versão impressa, o livro traz 250 páginas dividida entre fotos, histórias narrativas, ilustrações, devaneios soltos, letras das músicas, que dão e são de fato uma janela dentro das experiências vividas pelo artista e originaram a proposta narrativa e conceitual desse projeto. Com um design contemporâneo e textos afiados, Conterrâneos Estrangeiros nos remete ao universo dos zines de arte, enriquecendo cada faixa do projeto com contos que se conectam com as letras, compondo uma narrativa onírica que embebe e unifica o projeto Conterrâneos Estrangeiros como um todo. 


"O RROCHA / Conterrâneos Estrangeiros, desde sua fase embrionária, foi desenvolvido para ser um projeto multi-plataformas. Que viesse à tona em diversas timelines, e trouxesse a minha expressão artística em forma de disco, filme e um livro. Este último, que unificasse todas as narrativas, trazendo um sentido coeso para o enredo dos Conterrâneos Estrangeiros, como um grande centro de conteúdo da história toda. O que, no final das contas, o livro acaba sendo o disco, assim como o disco sendo os filmes, que por sua vez completam a narrativa do livro mais uma vez, num grande espiral de conteúdos que se retroalimenta e envolve com o enredo desse período dos Conterrâneos Estrangeiros", pontua o artista.

_

"Esse é um disco sobre a gente. 
Quando comecei e falar sobre isso com as pessoas mais próximas, essa foi a frase que eu mais ouvi. Mas todo mundo se sentia assim? Por que a gente não tava falando sobre isso?
Foi como conhecer as pessoas de novo. Saber que elas tinham encontrado o fundo do poço ou sentido seu cheiro. Que navegaram por meses à deriva em um barco sem leme. Que sentiam ansiedade. Passavam semanas sem conseguir produzir nada que não estivesse no automático. Sentiam-se vazias. Como eu.
Como você?"

_

"Nas páginas deste livro, eu mergulho em diversas formas de mim, com densidades, anseios e profundidades diferentes. Você vai conhecer os diversos Eus, do que eles são feitos, aqueles que reconheço com proximidade e os estranhos que não conheço. Todos em transformação sintetizada analogicamente e digitalmente em estado de espírito. Os conterrâneos, estrangeiros."

_

Nas 250 páginas do livro Conterrâneos Estrangeiros você encontra:
- Textos e micro-contos dos Conterrâneos Estrangeiros
- Ensaios fotográficos em cima das temáticas de cada faixa do disco
- Matérias especiais sobre a temática do projeto
- Fotos dos bastidores e diários da gravação do disco
- Letras das músicas e poemas
- Reviews, influências e objetos de estudo de filmes e discos que inspiraram o projeto
- Ilustrações e colagens

Acabamento Gráfico:
- 250 páginas coloridas;
- Impressão alta qualidade;
- Miolo em papel sulfite 120g;
- Capa em triplex 250g cartonado;
- Capa com laminação fosca e relevo seco localizado
- 10 lâminas duplas que abrem em formato pôster